Sócio da Zoing Contabilidade Executiva é eleito Conselheiro Efetivo do CRCPR

Com 85% de aprovação na votação realizada nos dias 19 e 20/11, novos conselheiros são eleitos para a gestão 2020 – 2023 no CRC/PR.

A Chapa 1 [integrada pelo sócio da Zoing, Michel Melhem] foi confirmada pela ampla maioria dos profissionais da contabilidade do Paraná que participaram da votação ocorrida nos dias 19 e 20 de novembro, último, 85%. “O fato de termos recebido a inscrição de apenas uma chapa e de termos obtido uma das votações mais expressivas entre os 27 CRCs do País confirma o que vem sendo demonstrado repetidamente nas pesquisas de satisfação realizadas semestralmente junto aos profissionais da contabilidade do nosso estado: que a ampla maioria está de acordo com a atual linha de gestão da entidade. O desafio agora é dar continuidade a esse trabalho, trazendo inovações que permitam manter o nosso Conselho atualizado nesse cenário de rápidas mudanças na profissão e no mercado, melhorando cada vez mais a qualidade dos serviços prestados aos profissionais e empresários contábeis e à sociedade paranaense. Parabéns aos novos conselheiros eleitos!”, celebra o  presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Paraná (CRCPR), Marcos Rigoni.

 

Consellheiros Efetivos_.png

 

A votação eletrônica para a escolha de 1/3 dos conselheiros dos Conselhos Regionais de Contabilidade (CRCs) foi encerrada às 18 horas desta quarta-feira, dia 20 de novembro – horário de Brasília (DF). Em todo o Brasil foi computado um total de 288.081 votos, o que corresponde ao percentual de 76,75% dos  375.373 profissionais aptos a participar da eleição. No Paraná, o colégio eleitoral (profissionais aptos a votar) foi formado por 25.071 pessoas, de um total de 33.349 profissionais registrados. 85,37% dos eleitores do estado (21.404) exerceram o direito ao voto neste pleito. Desses, foram considerados votos válidos, segundo as regras do processo eleitoral, 18.080, compondo o quadro de eleitores da Chapa 1.

A eleição para conselheiros dos CRCs é responsabilidade de uma Comissão Nacional, instituída pelo Conselho Federal de Contabilidade e coordenada pelo vice-presidente de Desenvolvimento Operacional do CFC, Aécio Prado Dantas Júnior. “A votação ocorreu de forma tranquila, e os profissionais, mais uma vez, puderam participar com comodidade e segurança, garantindo o efetivo processo democrático para a escolha de conselheiros para compor 1/3 dos Plenários dos CRCs”, afirmou Dantas.

O coordenador da Comissão Nacional informou que o resultado da eleição será registrado em blockchain, na rede Notarchain, e, consequentemente, será emitida uma ata notarial com fé pública dos logs do resultado geral.

“Ficamos muito contentes com o grande índice de participação dos profissionais da contabilidade do Paraná no processo eleitoral e com o resultado da votação como um todo. Isso demonstra o entendimento de que o voto é o instrumento que fortalece a defesa das prerrogativas da classe contábil e a proteção do mercado de trabalho para a atuação do profissional da contabilidade em seus diversos ramos de atividade pelo CRCPR”, disse Rigoni. “Em termos de índice de aprovação, o CRCPR e o CRCSP foram os que obtiveram os melhores índices com a votação, em torno de 85%”, comemorou.

 

Como ficará o plenário do CRCPR

Os nove conselheiros efetivos eleitos agora se juntarão aos remanescentes dos 2/3 eleitos em 2017 e foramarão, no dia 7 de janeiro de 2020, o colegiado que elegerá o novo presidente e o conselho diretor do CRCPR para os próximos dois anos. Os 27 conselheiros efetivos e seus respectivos suplentes, são profissionais da contabilidade que dedicam seu tempo de forma voluntária, honorífica, sem remuneração à tarefa de realizar o monitorando as atividades administrativas da autarquia, fiscalizando as contas, julgando processos éticos e disciplinares e atuando como interlocutores da classe contábil com as diversas esferas da sociedade que se relacionam com a profissão, como entidades empresariais, órgãos do Poder Executivo, Legislativo e Judiciário, nos âmbitos municipal, estadual e federal, entidades do Terceiro Setor, faculdades e universidades, sindicatos, entre outros, sempre em busca da valorização e enaltecimento do profissional e do empresário contábil.

 

Fonte: CRC/PR – www.crcpr.org.br