Responsabilidade Social - Zoing Contabilidade

Responsabilidade Social

O planejamento estratégico da Zoing Contabilidade tem na Responsabilidade Social um de seus importantes norteadores.

Conforme consta em nossas Políticas, Crenças e Valores:

Responsabilidade Social: dirigir nossa atuação de forma ética e transparente, voltada ao desenvolvimento sustentável da sociedade; participar e incentivar o apoio de nossos colaboradores e clientes a programas de ações sociais que tragam benefícios para a comunidade local.”

Ao mesmo tempo em que incentivamos o envolvimento direto do escritório e de nossas equipes com ações que beneficiem a comunidade local, auxiliamos na divulgação daqueles projetos já reconhecidamente relevantes e validados pelas autoridades fiscais (e que permitem a destinação de parte dos tributos que o contribuinte recolheria diretamente ao fisco).

Entre os projetos reconhecidos: FIA, FAS – Fundação de Ação Social – Fundo Municipal da Pessoa Idosa, Anjos pela Vida, Voluntariado Contábil, APACN:

Caso você conheça outros projetos sociais e gostaria que auxiliássemos na sua divulgação,

Perguntas e Respostas iniciais sobre destinação direta de tributos para fins sociais:

Quem pode destinar?

Pessoas físicas que apresentam declaração de imposto de renda no modelo completo e empresas que apuram a tributação pelo lucro real.

Com quanto posso colaborar?

Pessoas Físicas, até 6% do imposto devido, mesmo que lá na frente, na hora de preencher a declaração, tenham imposto a restituir. Já para as empresas, o teto é 1% do imposto devido.

Como se calcula o valor que eu posso destinar?

A base de cálculo para o valor a destinar a instituições é o Imposto de Renda Devido e não o valor a pagar ou o imposto retido na fonte, por exemplo.

Qual o prazo para fazer a destinação?

Pessoas físicas podem destinar os 6% do IR devido até 30 de dezembro. Também podem optar por destinar 3% até esta data e outros 3% na própria declaração de ajuste anual de 2017. Empresas podem destinar a qualquer momento 1% do IR devido, mas para o ano calendário vigente, o prazo é 30 de dezembro. Após essa data, a destinação vale para o ano calendário seguinte.

E quem recebe restituição, também pode contribuir?

Sim! O valor destinado agora será somado ao da restituição lá na frente, na hora de fazer a declaração de ajuste anual. Lembrando que na hora de receber a restituição, o valor é corrigido pela taxa Selic.
WhatsApp (41) 30950327
Enviar via Whatsapp Web
Utilizamos cookies para proporcionar a melhor experiência possível no nosso site.
Aceitar